lista de compras: Maio 2005

27.5.05

É no que dá não gostar dos Pink Floyd...

cartman
Cartman


Which South Park Character Are You?
brought to you by Quizilla


Via Pop

Declaração, ou em inglês statement, que soa bem

Eu gosto comó caraças da Clara Ferreira Alves porque acho que ela é a vaca mais fixe deste país.

Está na altura!

Aprovar na AR a despenalização do Aborto até 28 de Junho
Quem quiser, que assine.

25.5.05

É para as Nações Unidas, por favor...

Isto é que é um país do caraças. Estamos safos. Com o Guterres ao comando do ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados) não há com que nos preocuparmos.

Se o IVA sobe para 21 por cento, as taxas dos combustíveis aumentam, o supermercado leva-nos o dinheirinho todo, não se pode comprar mais do que um buraco a cair de podre em Lisboa, estamos perto, cada vez mais perto, de podermos requisitar o estatuto de refugiados. Eu, por mim, vou já ali à Embaixada de Espanha pedir asilo político. Acho que eles até oferecem umas tapas e canhas enquanto se espera.

E depois, olha, lá vou eu, até arranho um pouquito de espanhol, passo a falar com muitos «pois que» pelo meio, como faz o Figo, e assim acho que basta para nos entendermos. Não sei se haverá vagas no El Corte Inglés, mas a Zara também serve.

E depois, olha, o Benfica já ganhou mesmo o campeonato, já não há mesmo mais nada a fazer por cá. Por muito que goste do Tiago Monteiro o Fernando Alonso é mais giro e ganha corridas, o Barcelona é um «timaço», os pintores espanhóis dão cartas, os museus são do caraças, já não se discute educação sexual, nem mesmo os casamentos dos homossexuais, o aborto está legalizado, há salas de chuto nas prisões.... E até a Letizia está grávida!

Só a musiquita deles é que anda um bocado por baixo, mas como eu adoro aquela do Corazon Partio do Alexandro Sainz (chamem-me pimba que eu não me importo), tudo bem.

Pronto, há a ETA, mas nós também temos os Super Dragões e a Carolina Salgado (com a agravante de que temos de lhe ver as fuças).

Por isso, meus caros, Olé! Olé! Gutierrez, guapo, pois que quiero ir-me para Espianha. Refugiar-me do pântano de onde tu fugiste e vestir Armani como o Durão que afinal, foi o único a deixar de usar a puta da tanga...

21.5.05

E agora, para algo completamente diferente....

Eu gostava de pôr aqui só coisas com alguma piada, para a malta se rir e tal, curtir com os comentários, enfim, falar de sapatos, mas não dá. Há coisas que são de mais.

1. Esses cabrões que andaram a distribuir fotografias de fetos mortos às crianças à porta da escolas voltaram a atacar. Agora, dizem que as nossas crianças são confrontadas com desenhos para apontarem quais a zonas do corpo onde gostam de se tocar. O Expresso noticiou. Três jornalistas assinaram e nenhum, vejam lá, foi capaz de perguntar ou então de escrever que o senhor Jorge Araújo, arauto do estudo que revelava tal alarvidade, era de um desses movimentos anti-educação sexual. Muito menos revelaram que as imagens em causa faziam parte de uma secção de bibliografia recomendada aos PROFESSORES e que nenhuma daquela informação consta de qualquer manual que exista nas escolas portuguesas.

2. O Presidente da República adiou o referendo sobre a legalização do aborto. Chutou para canto. Sim senhor.

3. Há ex-ministros que assinaram despachos com datas falsificadas para que se abatessem 2500 sobreiros para mais um empreendimento imobiliário. Lindo.

4. Os juízes, coitadinhos, não podem ter só um mês de férias como toda a gente neste estimado país.

4.1. Os juízes e, claro, os professores, essa classe sofredora, que também não pode estar na escola até às 17h30. Deve ser porque têm poucas férias...

5. Os tribunais entregam crianças a pais toxicodependentes, retirando-as de um seio familiar estável e acolhedor. A criança aparece morta depois de ter sido torturada. Espero que haja gente sem dormir com remorsos.

6. Há merda de cão por todo o lado.

7. As pessoas mijam na rua, escarram para o chão e atiram o lixo para onde calha.

8. As crianças andam à solta nos carros.

9. Não se lêem jornais, não se compram livros, não se usam preservativos, os miúdos embebedam-se à fartazana e tomam pastilhada de meia noite, a violência doméstica é ignorada, o trabalho infantil aumenta, há quem morra à fome, há um gajo aqui à minha porta que vive num buraco que escavou numa rampinha do eixo norte-sul, há miúdos que me tocam á porta a pedir cadernos e lápis porque a professora não os deixa entrar «sem material».

10. E não consigo dizer mais porque se não fico deprimida. Deixo só a pergunta:

A UNIÃO EUROPEIA ACHA MESMO QUE ESTAMOS EM CONDIÇÕES DE FAZER UM REFERENDO À CONSTITUIÇÃO? É QUE EU ACHO QUE COM ESTA MERDA TODA DEVÍAMOS ERA ESTAR NA LISTA DAS EXPULSÕES...

20.5.05

O que eu gostava era de ter o guarda-roupa dela...

You are Carrie.
Congratulations! You are Carrie.

Which Sex and the City Character Are You?
brought to you by

19.5.05

Guess what....

Brenda
You are Brenda, Nate Fisher's complex and troubled
fiancee. You have a wild streak a mile wide and
can't stop yourself from having sex with
strange men. You've spent your life taking care
of your crazy brother and being examined by
psychiatrists because you were a child prodigy.
You like to smoke a lot of pot.

Eu sei que a gaja é doida, e que não se deseja a morte a ninguém, mas como é apenas uma série de televisão, ainda bem que o Nate se livrou daquela chaga da mulher.... Brenda, come back, honey, you are the best!!!!

(juro que não aldrabei nas respostas)

Take your chances at http://quizilla.com/users/Nefret/quizzes/Which%20Six%20Feet%20Under%20Character%20Are%20You?/

É que é já a seguir!!!!

Pronto, já está.
Recebi o primeiro convite via sms para uma festarola de comemoração dos 30 anos de vida de uma colega da faculdade. Suspeito que será o primeiro de muitos.

Dei logo por mim a pensar: em Outubro vou meter férias e passo os 30 em Paris a comer uma baguete quentinha com doce de tomate, ou em Amesterdão a fumar erva, ou então em Nova Iorque, sei lá, a experimentar um vestido na Prada, uns sapatos no Manolo Blahnik e a jantar no Sushisamba.

Se ficar entretida a planear as férias, talvez me esqueça do raio dos 30...

16.5.05


83 minutos e 25 segundos....


83 minutos...

13.5.05

Habemus sim....

Está no Frangos, mas tinha de o pôr aqui também....

Habemus parvum

"Matar uma criança no seio materno é mais violento que matar uma criança de cinco anos."
Padre Domingos Oliveira, da paróquia de Lordelo do Ouro.

Pelo mesmo raciocínio, dar um tiro no padre Domingos Oliveira da paróquia de Lordelo do Ouro é menos violento do que usar preservativo em sexo consensual entre adultos.

Victor Lazlo

11.5.05

Quem quer, compra

Mais um comentário num jornal sobre a programação das televisões, blá, blá, blá, e as novelas e a Quinta, e o nível que está sempre a descer, yada, yada, yada, nem o serviço público nos salva, deus do céu o que fizeram à ópera do canal dois, e o futebol, quando é que acaba, e agora são os testes de fidelidade e não é que a Teresa Guilherme até apresenta o 1,2,3, estão a ver como é possível fazer trabalho de qualidade, em vez de falar com burros (sejam eles de quatro ou duas patas).....

E depois passamos da televisão para a música pimba, e por que razão esta gente vende tanto, nossa senhora, não há qualidade, aquilo são só enlatados, as letras brega, as cantoras parecem a Madonna nos anos 80 cheias de rendas, mas com mamas maiores, e pega-me aqui, chupa acolá, pimba, pimba....

E da música para a literatura. Ainda se discute se a Margarida Rebelo Pinto é escritora! Pois se a mulher escreve livros havia de ser o quê? Canalizadora? Mas aquilo não é literatura, mais vale não ler nada do que andar com aquelas baboseiras debaixo do braço e agora até há gajos que têm a mania que escrevem essa coisa da literatura light, que ainda por cima vende comó caraças e o José Luís Peixoto? Sim, porque não vende o gajo de 30 anos que escreve como se ainda vivesse na reforma agrária? Também é jovem, e até tem um piercing....

A ver se nos entendemos: não é possível cada um ver a merda que lhe apetece, ouvir o que gosta, ler quem quer, sem ter de chagar constantemente os outros pelas escolhas que fazem?

Porque é que tem de incomodar a quem gosta do Paul Auster que o Paulo Coelho venda livros?

Porque é que quem traz no carro o Rodrigo Leão tem de ficar indignado com o penteado da Mónica Sintra?

Porque é que quem tem um comando não mão não muda de canal ou simplesmente desliga a porra da televisão quando não gosta do que está a dar?

Apre!

5.5.05

Crianças-objecto

Mais uma criança que foi morta à pancada pela família. Desta vez, como a família foi menos inteligente, deitou o corpo ao rio e ele apareceu. Com ele, apareceu também a brutalidade com que dois adultos, intitulados de «pai» e «avó» da criança, trataram um corpo de cinco anos. Deram-lhe uma carga de porrada, deixaram-na a morrer em casa durante dias e depois atiraram-na ao rio.

Chamava-se Vanessa. Uma cara doce nas fotografias que aparecem nos jornais. Mais uma criança - objecto.

Objecto porque um tribunal achou que um pai desempregado e toxicodependente podia tomar conta dela. Objecto porque a mãe, também toxicodependente, não aparecia há meses. Objecto porque ninguém lhe ligou. Porque o filho da puta que meteu a pila numa outra cabra e daí nasceu a Vanessa teve, por este simples facto, «DIREITO» a ficar com a menina.

E a Vanessa nasceu para ser espancada e deixada em agonia a morrer até o seu frágil corpo ser atirado ao rio. Viveu cinco anos para isto.

Mas que merda de país é este em que os tribunais acham que as crianças são pertença de quem as pariu?
Que merda de país é este em que um gajo toxicodependente sem trabalho está apto para tomar conta de uma criança?

É por isso que eu adoro quando se manda e desmanda sobre a adopção por pessoas solteiras, por pessoas com mais de cinquenta anos, por homossexuais. Que risco pode correr uma criança amada por estas pessoas?

O risco de ser espancada até à morte não deve ser com certeza.....