lista de compras: Fevereiro 2010

19.2.10

Sim, já lhe escrevi um mail e tudo...

Tenho um amigo, que por acaso é o meu melhor amigo, que me diz algumas vezes – quando me vê muito eufórica – que eu não posso viver a vida como se estivesse dentro de um filme. Que não posso querer só sexo bom, só aventura, só sedução e bons jantares. Que tenho um problema com pessoas feias, isto é, que só gosto de pessoas bonitas e isso é triste e faz de mim uma canalha com uma idade mental bastante inferior aos meus - quase - quarenta anos.
O que ele me quer dizer é que eu tenho um problema com rotinas e amores (a chatice do amor é quando ele se prolonga e torna uma instituição de barbas brancas defendida pelos terapeutas familiares) e que a vida não pode ser a loucura que eu quero que seja sempre e para sempre. Os dois temos razão. Ainda hei-de acreditar no sexo bom entre velhinhos.

Mónica Marques

6.2.10

Se o meu peito diz coragem

Carrossel dos esquisitos